Mais tarde ou mais cedo, acaba por acontecer a todos os CX, os tecidos dos interiores começam a cair porque a espuma que os compõe apodrece e deixam de estar colados aos forros que os deviam suportar.

 

O forro do tejadilho fica meio pendurado e a roçar na cabeça dos passageiros e condutor, sempre que se toca nele ou o carro passa por um buraco mais fundo, desprende-se uma fina poeira amarela, composta essencialmente por espuma pôdre, os espírros e alergias são mais ou menos inevitáveis.

O forro dos pilares fica enrugado ou como estava meio desprendido acabou por ser arrancado total ou parcialmente.

O cheiro que exala não é propriamente a "carro novo"...

 

Após o dono do CX Leader em questão ter encontrado difuldades em conseguir quem lhe estofasse o tejadilho e pilares, resolvi "meter-me ao barulho" e resolver o problema.

 

Este foi o resultado após 10 horas de trabalho, 7 metros quadrados de tecido, 2 litros de cola de contacto e 10 molas de fixação que foi necessário substituir.

Evidentemente o tecido é quase preto, não foi possível encontrar um tecido com um tom parecido ao cinzento original e com a necessária flexibilidade para se adaptar ao relevo complicado do forro do tejadilho.
O dono do CX Leader ficou satisfeito, e como é fumador agradeceu o tom escuro dos forros...

Agora são as palas meio queimadas pelo sol que estão a destoar no conjunto.