Estas imagens ilustram algumas fases do processo de substituição do rolamento e dos foles da transmissão do lado direito.

Para retirar o rolamento velho é necessário retirar em primeiro lugar um casquilho de retenção. Tanto o rolamento como o casquilho tem de ser retirados com extractor apropriado, neste caso improvisou-se um sistema de extracção com um velho saca polies, alguns ferros e porcas e um extractor de mandibula.

 

 

 

É fundamental na ocasião da desmontagem da transmissão do diferencial, recuperar estas três peças, elas evitam a entrada de poeiras no diferencial e a saida do lubrificante da caixa/diferencial.Neste caso em virtude de uma reparação anrterior mal feita, tanto o anel de nylon como o o-ring faltavam. Apenas o prato de borracha lá estava.

 

Esta transmissão ja foi rectificada, notam-se no fundo do copo as direnças de espessura das paredes.

 

 

 

 

 

 

Embora o fole aparentemente esteja em boas condições, um exame mais atento revela
que provavelmente com mais 5000 km de uso ele se vai romper.
Vale a pena substitui-lo.

 

Este é o local por onde passa a transmissão e onde fica preso o rolamento,
de forma a que a transmissão não se desligue do diferencial.

A foto foi tirada do lado da roda.