Regulação da altura dianteira

Este tipo de ajuste tem imperiosamente de ser feito numa fossa, as rodas tem de estar assentes no chão, portanto não se pode usar uma plataforma elevatória nem macacos de elevação.

O ajuste deve ser feito numa fossa, porque ao mexer no sistema de regulação de alturas, é normal que o veiculo desça de repente, seria muito arriscado estar debaixo do veiculo nessa ocasião…

- Desaperta-se a braçadeira que liga a haste do regulador de altura à barra estabilizadora.

- Se for possível, é conveniente desmontar e lavar o corrector de altura, é um componente que acumula muita sujidade. De facto se ele estiver entupido, qualquer tipo de regulação do sistema poderá ser infrutífera sendo o resultado final muito pior do que o inicial. O corrector de altura dianteiro é muito aborrecido de desmontar, este serviço torna-se muito mais fácil se for feito debaixo da viatura.

- Convém verificar se a folga entre a forquilha da haste de regulação e o cabeçote do regulador de altura é excessiva ou está encostada a um dos lados, nesse caso è necessário desapertar o parafuso de fixação do sistema e centrar a folga.

- Depois disto, começa-se a rodar, a braçadeira que prende a haste do regulador à barra estabilizadora, para um lado e para o outro, fazendo assim com que a frente do veiculo suba ou desça. Convém usar algo como referência de altura ou ser ajudado por alguém na determinação da altura correcta.

- Actua-se no comando de alturas, e faz-se o veiculo descer à altura mínima e subir à máxima, várias vezes, se depois disto a altura normal do veiculo não for correcta, deve-se ajustar novamente a haste do regulador de altura.

- É de salientar que a regulação da altura da frente, influencia a altura traseira e vice-versa.